OFICINAS DE BORDADO

O ICAD, sob a coordenação do Grupo Matizes Dumont realiza oficinas de bordado em diferentes cidades e regiões do país.Procuramos estabelecer novas parcerias diante de solicitações que nos chegam, no intuito de oferecer oficinas de bordado a grupos que desejem vivenciar um processo criativo e de compartilhamento por meio da linguagem da arte.

 

Selecionamos alguns temas que consideramos prioridade para o momento em que vivemos: Fios d’água, Quintais, Janelas, Linhas e Letras do Bordado, Memórias, Ciranda das Águas dentre outros temas que podem ser definidos em conjunto com o grupo.

 

Para saber mais entre em contato: Maria Helena – leninhadiniz@gmail.com  ou (61) 8116-3593

TRANSBORDANDO

O Projeto “TRANSBORDANDO” tem como objetivo contribuir para a promoção da qualidade de vida de mulheres brasileiras e tem como instrumento mobilizador o bordado e outras linguagens da arte.

 

Esta proposta percorre os caminhos da memória e da revitalização de saberes, sabores e cuidados, dialoga e fortalece a cultura e a arte popular, constrói coletivamente novos percursos em direção ao conhecimento socioambiental e à dignidade e qualidade de vida.

 

Estimula a produção solidária de base artesanal, como bordados, culinária e antigos ofícios em extinção como tocadores de viola e outras expressões da arte popular, beneficiando mulheres e jovens em situação de vulnerabilidade. Trazê-los de volta – têxteis, sabores, saberes, fazeres e cuidados - respeitando as representações locais.

 

A realização deste projeto acontece em Pirapora, MG, e atualmente busca parceria para ampliar seu desenvolvimento em todo o Brasil.

Caso tenha interesse em realizar oficina em sua cidade,entre em contato conosco pelo e-mail contato@icadbrasil.org

 

128.jpg
128.jpg
140.jpg
140.jpg
136.jpg
136.jpg
074.jpg
074.jpg
045.jpg
045.jpg

PROJETOS

BORDANDO O BRASIL

Este projeto veio de uma parceria do ICAD com a Fundação Banco do Brasil. Durante oito anos (de 2004 a 2012) o ICAD capacitou aproximadamente 12.000 mulheres em várias regiões do Brasil. Com a continuidade do Projeto Bordando o Brasil mais mulheres compõem a Rede de bordadeiras coordenada pelo ICAD.

 

Tal projeto tem por objetivo contribuir para melhoria das condições de vida de segmentos da população, incluindo-os no processo de produção. Ao mesmo tempo em que propicia a geração de emprego e renda, busca a inclusão social, a humanização dos integrantes do grupo, estimulando a responsabilidade socioambiental, a convivência, a sensibilidade no fazer, pensar, compartilhar, ser.

 

Este projeto transformou a realidade de muitas mulheres brasileiras. Em Pirapora foi estruturada a sede do ICAD que hoje é uma referência nacional do bordado Brasileiro.

 

CAMINHO DAS ÁGUAS

Projeto de Mobilização Social no Vale do Rio São Francisco realizado em 1999 e 2000. Viajando numa barca, 51 profissionais voluntários saíram de Pirapora-MG até a foz do rio, em Piaçabussu, AL.

 

Foram realizadas 42 oficinas vivenciais, nas áreas de educação, saúde, cultura e preservação ambiental em 18 cidades ribeirinhas. 


Citamos: oficina de contação de histórias, oficina de dança folclórica, oficina de recomposição de mata ciliar, oficina de literatura, oficina de bordados, oficina de agricultura familiar, shows musicais dentre outras. Foram duas expedições pelo Rio São Francisco (1999 e 2000) nos estados de Minas Gerais, Bahia, Pernambuco, Sergipe e Alagoas.

Este projeto resultou numa exitosa campanha de mobilização para divulgação das políticas públicas voltadas à revitalização do rio São Francisco coordenada pelo Instituto de Promoção Cultural Antônia Diniz Dumont em parceria com o Grupo Matizes Dumont.

Os objetivos desta bela campanha foi a troca de experiências entre profissionais da Saúde, da Educação, da Cultura e  Ambiente  da região do Vale do São Francisco e profissionais participantes do projeto buscando uma melhor qualidade de vida, discutir com a população ribeirinha o uso dos recursos naturais, em especial a transposição das águas do rio São Francisco.

 

Houve a oportunidade para a população ribeirinha refletir sobre a educação e projetos pedagógicos nas escolas daquela região e ainda refletir sobre a qualidade dos serviços de saúde da região com  enfoque na promoção da saúde.

Nas atividades desenvolvidas no projeto a força popular do folclore da região foi resgatada e houve apoio à formação do comitê hidrográfico do rio São Francisco e seus sub-comitês.